Jazz na Fábrica – Sesc Pompeia

Atrações Dividem-se Entre Nacionais e Internacionais

Tress-Jazz-in-Tygmont-AB

Em sua terceira edição, o festival Jazz na Fábrica toma conta do Sesc Pompeia durante os mês de agosto. Serão dezenas de atrações – nacionais e internacionais, gratuitas e baratas.

Voltadas para os diversos gostos, os shows vão até 1º de setembro e traz um panorama da diversidade do estilo, além de formações e timbres do universo jazzístico. Estarão presentes artistas norte-americanos, europeus, africanos e latino-americanos.

Confira alguns destaques da programação:

  • 07/08

SERÁ QUE DÁ JAZZ? IMPROVISO: DO ÉTNICO AO FREE

Grátis

Eduardo Manso é um músico multi-instrumentista e produtor carioca. É um dos fundadores do Rabotnik, grupo de música experimental que trabalha com trilhas e improvisacão, já tendo tocado com nomes como Damo Suzuki, Arto Lindsay, Rob Mazurek & Chelpa Ferro, e participado do disco Recanto de Gal Costa. Eduardo também faz parte dos grupos Tono e Baby Hitler, faz apresentações solo e toca efeitos eletrônicos no Concerto de Cordas e Máquinas de Ritmo de Gilberto Gil.

Alvaro Montenegro, saxofonista e flautista, é um dos mais importantes instrumentistas bolivianos, articulando as tradições andinas com influências modernas. João Marcos Coelho, jornalista e crítico musical, é colaborador do jornal O Estado de S. Paulo, da Revista Concerto e apresentador do programa “O que há de novo”, da Rádio Cultura FM.

  • 08/08 

RAUL DE SOUZA (BRA)

Ingressos entre R$4 e R$ 20

A música de Raul é difícil de ser rotulada, pois passa por diversos ritmos, como samba, jazz e choro. Seu último CD e DVD (lançado pelo Selo Sesc), O Universo Musical de Raul de Souza, foi premiado em 2013. Nascido no Rio de Janeiro, o também compositor teve sua consagração e reconhecimento nos anos 70, quando saiu em turnê pelos Estados Unidos com Airto Moreira e Flora Purim. Lançou três álbuns por lá: Sweet Lucy(1977), Don’t Ask My Neighbours (1978) eTill Tomorrow Comes (1978). Nessa mesma década, teve seu nome inserido na The Encyclopedia of Jazz in The Seventies, dos críticos Leonard Feather e Ira Gitler.

CAFÉ COM LEITE: ANTONIO LOUREIRO (MG) E MARCELO MONTEIRO (SP)

Ingressos entre R$2 e R$ 10

O mineiro Antonio Loureiro, compositor e multi-instrumentista, chega ao segundo álbum solo apostando na liberdade do improviso e defendendo uma criação musical que prescinda de rótulos classificatórios. Em sua concepção, não há diferença entre canção e música instrumental, ou entre o popular e o erudito. Seu repertório traz influências do som progressivo das bandas Yes e Genesis, e do jazz contemporâneo de la Brad Mehldau, assim como da canção, no melhor estilo da tradição brasileira. Com Pedro Ito – bateria; Marcos Paiva – contrabaixo; e Pedro Martins – guitarra.

O paulista Marcelo Monteiro iniciou seus estudos no Conservatório Dramático e Musical de São Paulo em 1986, com flauta transversal e, de lá para cá, passou por diversos professores, como Jean Noel Saghard, Marta Ozzeti, Demétrio Lima, Mané Silveira, Roberto Sion, entre outros. Tido como um dos talentos emergentes na cena instrumental paulista , o músico traz o show de seu primeiro CD, acompanhado pelos músicos Daniel Amorin – baixo acústico; Maurício Caetano – bateria; Amílcar Rodrigues – trompete; e Daniel Grajew – piano.

  • 09/08

JAZZ NA RUA – DANIEL NOGUEIRA X DENILSON MARTINS

Grátis

O duo percorre a rua central do Sesc Pompeia tocando standards de jazz, clássicos do nosso samba-jazz, composições próprias e improvisações, sempre interagindo com o público de todas as idades.

CASSANDRA WILSON (EUA)

Ingressos entre  R$10 e R$ 50

Uma das maiores cantoras de jazz dos anos 90, começou trabalhando com Dave Holland e Abbey Lincoln. Depois de conhecer Steve Coleman, tornou-se a vocalista principal do grupo M-Base. Em 1992, assinou com a Blue Note Records e lançou o álbum “Dawl Blue Light Til”, que abriria caminho para uma nova geração de cantoras de jazz. Em 1997, excursionou no projeto de Wynton Marsalis, “Blood on the Fields” e, em 2000, gravou “Traveling Miles”, tributo a Miles Davis. Seus prêmios incluem dois Grammys, o Django D’Or, The Music Award Edison e o Prêmio Eco 2012 para Jazz.

  • 10/08

 ÁLVARO MONTENEGRO (BOL) E BENJAMIM TAUBKIN (BRA)

Ingressos entre R$6 e R$30

O show é um dos encontros, pensados para o festival, entre artistas representantes de culturas musicais diferentes, mesclando canções indígenas com a música escrita e a criação espontânea e livre. Assim, Álvaro Montenegro divide o palco com o pianista e compositor brasileiro Benjamim Taubkin, o baixista Zeca Assumpção e o baterista Sergio Reze. Da Bolívia, vêm também Juan Carlos Cordero (guitarra) e Marisol Diaz Vedia (voz).

 Saiba mais aqui

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s